segunda-feira, 19 de abril de 2010

Visita a bordo do Independence Of The Seas

Apesar de um dia pouco propício a conhecer a nossa ilha e visitar a nossa cidade, ontem vivemos um dia diferente em Ponta Delgada, com os cerca de 4400 passageiros que por cerca de 10 horas deram um colorido diferente à nossa cidade. Quem passou na marginal daquela cidade ou conseguiu avistar aquele imenso navio de cruzeiros nalguma zona mais alta, certamente não ficou indiferente perante as dimensões do Independence of the Seas, esse colosso da Royal Caribbean International.



Nós tivemos o privilégio de visitar este magnífico navio, tendo tido, por isso, a oportunidade de constatar in loco toda a grandiosidade que os exteriores nos transmitem mas que se complementam plenamente no seu interior através de uma decoração e locais de lazer muito bem conseguidos. O Independence maravilha-nos com cativante e cuidado interior, onde em alguns casos atinge o requinte e luxo, apesar do estilo de vida a bordo ser standard. 


Ninguém fica indiferente ao passar no Royal Promenade, onde a extensa avenida é ladeada por belas lojas, pizzaria, bares e até um barbeiro. Aí destacamos o pub inglês, uma fabulosa réplica dos famosos bares londrinos, onde nos sentamos e temos a sensação real de estar num pub típico em St. James ou no West End e não num navio. E o bar de Champanhe? Só experimentando mesmo, palavras não são fáceis adequar à sensação de estar ali a vivenciar aqueles momentos.

A visita ao restaurante principal foi mais um momento alto no nosso percurso, aí tivemos oportunidade de estar num restaurante sumptuoso, com uma decoração fabulosa, onde os detalhes impressionam e o lustre central capta a atenção dos mais distraídos. Simplesmente magnifico!

E que dizer do ringue de patinagem no gelo? Alguns visitantes exclamavam como era possível até isso existir num navio. Realmente eram tantas a exclamações de espanto pela positiva que se fossem os açorianos a atribuir-lhe o nome seria algo do género Espantoso, Magnifico ou Sumptuoso of the Seas.


O Flowrider, o Olive & Twist, o H2O, o Windjammer Café, o Arcade, os gelados junto das piscinas ou os dois fabulosos jacuzzis na zona exterior ao navio, são outros tantos predicados que tornam este navio, juntamente com os gémeos Freedom e Liberty of the Seas, um sonho chamado cruzeiro!


Resta-nos agradecer à Dr.ª Carla Ramalho, à firma C M J Rieff & Filhos,  agentes em Ponta Delgada da RCI e à MELAIR, representantes em Portugal da RCI a possibilidade de termos concretizado esta visita e podermos partilhá-la com os membros do nosso ACC e todos os visitantes deste site.
Uma palavra final para a D. Paula Pereira, responsável da MELAIR, nossa cicerone  nesta nossa visita a quem o Clube agradece a atenção e simpatia dispensada.

André Moura
António Silva
Bruno Rodrigues

3 comentários:

Manuel disse...

Meu caro Bruno, belas imagens do interior de tão belo navio, foi uma bela reportagem fotográfica, Parabens.
Um Abraço,
Manuel

Bruno Rodrigues disse...

Caro Manuel,

Obrigado pelo apoio. É sem dúvida algo fantástico, que eu tentei reproduzir o melhor possível com algumas fotos.

Um abraço,

D.F.L.J disse...

sou aluno do profesor andré moura ele nos falou sobre o cruseiro e fikei d boka aberta fantastico trabalho realizado tao d parabens