sábado, 23 de março de 2019

INTERESSANTE MOVIMENTO DE NAVIOS DE CRUZEIROS EM PONTA DELGADA NOS PROXIMOS DIAS

Os próximos dias prometem um interessante movimento de navios de cruzeiros em Ponta Delgada, pois globalmente deverão trazer a esta cidade cerca de dez mil passageiros e mais de três mil tripulantes.  
O movimento inicia-se amanhã, dia 24 com o regresso do MSC DIVINA, um dos mais aclamados navios da companhia italiana MSC Cruises, a maior operadora de cruzeiros do mundo, que se encontra fazendo um cruzeiro transatlântico desde Miami aonde operou durante os ultimos meses e Genova, porto base da MSC e aonde o navio ficará baseado durante a temporada de verão na Europa.
A escala deste navio estava inicialmente agendada para a próxima 3ª feira dia 26 mas, derivado ao mau tempo nas Bermudas o navio cancelou a escala naquela ilha,  rumando directamente para Ponta Delgada.
A bordo viagem mais de 3.344 passageiros e 1.328 tripulantes, o que por certo virão dar um interessante movimento diurno e nocturno a Ponta Delgada, atendendo que o navio fará escala até as 13 horas de segunda feira.
A juntar-se ao MSC DIVINA na segunda-feira estará o luxuoso BRITANNIA, navio almirante da operadora britânica P&O, que regressa ao seu porto base de Southampton depois de ter passado a temporada de inverno sediado em Bridgetown nos Barbádos. 
A sua chegada ao terminal de cruzeiros das Portas do Mar está agendada para as 06H45, permanecendo atracado até ás 17H30. Neste cruzeiro de reposicionamento o navio transporta 3.555 passageiros e 1.334 tripulantes.
O terceiro navio que estará em Ponta Delgada é o BRAEMAR da popular companhia inglesa Fred Olsen Cruise Lines que estará igualmente regressando de Bridgetown nos Barbados, aonde operou no inverno que agora terminou. O navio transporta neste itinerário transatlântico 749 passageiros e 408 tripulantes estando a sua escala programada para ocorrer entre as 07H00 e as 18H00.
Sem dúvida alguma dois dias que irão transformar Ponta Delgada numa cidade muito movimentada nas suas principais artérias.
Na terça-feira dia 26, será a vez do terminal de cruzeiros das Portas do Mar receber o navio de cruzeiros AIDAluna, um dos navios da conceituada operadora alemã Aida Cruises, que está fazendo um cruzeiro transatlântico entre Montego Bay na Jamaica aonde esteve baseado no inverno 18/19 e a cidade alemã de Hamburgo aonde aquele paquete ficará baseado para a temporada de verão na Europa. A bordo deverão viajar perto de 1.900 passageiros e 650 tripulantes.
No dia 29 será a vez de Ponta Delgada receber o MAGELLAN, um dos navios da conceituada operadora britânica Cruise & Maritime Voyages, que nos visita no âmbito de um itinerário iniciado em Montego Bay na Jamaica e que terá o seu termo em Londres.
Muito embora se desconheça até ao momento o numero de passageiros que o navio transporta,  o mesmo tem capacidade para alojar 1.452 passageiros e 714 tripulantes.
Estamos assim perante um interessante movimento nos próximos dias em Ponta Delgada com os milhares de visitantes a descobrir os recantos da cidade e as belezas paradisíacas de São Miguel    

fotos. : António Silva, António Simas, Google
texto  : António Silva  

quinta-feira, 14 de março de 2019

O MÊS DE MARÇO MARCA O REGRESSO DOS NAVIOS DE CRUZEIROS AOS AÇORES

Com o aproximar da Primavera os Açores irão começar a receber algumas escalas de navios que normalmente passam o Inverno sediados nas Caraíbas e que nesta altura começam a regressar à Europa para a temporada de Verão.
Assim em Ponta Delgada teremos nove escalas que deverão trazer a esta ilha cerca de 16.400 passageiros e 6.600 tripulantes. Também a Praia da Victoria irá receber duas escalas que poderão levar àquela cidade terceirense cerca de 4.000 passageiros e perto de 2.000 tripulantes. Igualmente para a cidade da Horta estão programadas duas escalas com a previsão de 1.500 passageiros e 850 tripulantes,
Destas escalas merecem destaque o regresso a Ponta Delgada do MSC DIVINA, um dos mais populares paquetes da MSC Cruises, que regressa à Europa depois de ter feito a temporada de Inverno sediado em Miami, assim como o BRITANNIA, navio almirante de P&O que depois de passar o inverno sediado nas Caraíbas regressa ao velho continente para a temporada de verão baseado em Southampton. Igualmente o regresso à cidade da Praia da Victoria do paquete VENTURA da P&O no passado dia 8 deve ser realçada pois marca o incremento de escalas que este ano aquela operadora tem feito naquele porto da ilha Terceira. Igualmente de registar a escala inaugural na cidade da Horta do STAR PRIDE da Windstar Cruises no dia 28.
As escala em Ponta Delgada iniciaram-se ontem, dia 13 com a visita a esta cidade do veterano paquete MARCO POLO da operadora britânica Cruise & Maritime Voyages, que fez nesta cidade a última escala de um excelente itinerário denominado “70 Night Grand Circle South America Voyage”, e que levou aquele navio a visitar um conjunto muito abrangente de portos em toda a América do Sul e Caraíbas, visitando igualmente no inicio deste cruzeiro as cidades de Lisboa, Funchal, La Palma e Mindelo.
Construído em 1965 como Alexendr Pushkin para a operadora estatal sovietica Baltic Shipping Company, manteve-se com esta designação até 1991, quando foi vendido e passando a designar-se pelo actual nome. Em 2010 passou a operar pela C&MV.
Possui 22.080 toneladas de arqueação bruta tendo de comprimento 176,3 metros. 23,6 metros de boca e um calado de 8,20 metros. Tem capacidade para alojar 820 passageiros e 450 tripulantes.
No dia 17 será a vez de Ponta Delgada receber o BALMORAL, navio almirante da popular operadora inglesa Fred Olsen Cruises Lines. Este escala é a ultima de um interessante cruzeiro de 62 noites que se iniciou no passado dia 9 de Janeiro e que levou aquele paquete com passagem pelo canal do Panamá a visitar alguns dos mais conhecidos portos da costa oeste dos Estados Unidos, México e Caraíbas.
O navio foi construido pelos famosos estaleiros alemães de Meyar Werft em Papenbourg em 1988 para a Royal Cruise Line. Em 2007 foi vendido à actual companhia tendo sofrido nessa altura importantes alterações aonde se destaca a inclusão de uma nova secção de 30 metros, facto que permitiu o aumento da sua capacidade de passageiros.
Possui 43.537 toneladas de arqueação bruta e tendo como dimensões 217,9 metros de comprimento, 28,2 metros de boca e 7,25 metros de calado. Tem capacidade para alojar até 1,340 passageiros e 500 tripulantes.
As escalas do mês irão prosseguir no dia 18 com a passagem no terminal de cruzeiros das Portas do Mar do AZURA da operadora britânica P&O , numa escala inserida num cruzeiro transatlântico de 13 noites e que trará aquele conhecido paquete britânico da cidade de Bridgetown nos Barbados até a Southampton, aonde iniciará a sua temporada de verão na Europa.
Construído em 2010 nos estaleiros Fincantieri em Monfalcone, Itália o AZURA é um dos maiores navios daquela conceituada operadora. Desloca 113.651 toneladas de arqueação bruta, 289,6 metros de comprimento e 36 metros de boca. Tem capacidade para alojar perto de 3.500 passageiros em ocupação máxima e 1.230 tripulantes.
Neste mesmo dia o porto da Praia da Victoria irá receber a visita do ORIANA da operadora britânica P&O que naquela cidade faz a ultima escala de um cruzeiro de 28 noites com destino às Caraibas iniciado no passado dis 22 de fevereiro. 
No dia 21 será a vez de Ponta Delgada voltar a receber o BERLIN da operadora germânica FTI Cruises. Este regresso a Ponta Delgada acontece no âmbito de um interessante cruzeiro transatlântico de 28 noites que se inicia em Havana no dia 7 de Março e irá terminar na cidade francesa de Nice no dia 4 de Abril. Para além desta paragem na nossa cidade durante 2 dias, este cruzeiro contempla escalas em alguns dos principais portos das Caraíbas, Lisboa e em diversos portos espanhóis da bacia mediterrânea.
O BERLIN foi construído nos estaleiros alemães de Howaldtswerke DeutscheWerft em Kiel, tendo entrado ao serviço em 1980. Possui 9.570 toneladas de arqueação bruta, tendo como dimensões 139,3 metros de comprimentos e 17,5 metros de boca. Tem capacidade para alojar 412 passageiros e 108 tripulantes.
No dia 25 o Terminal de cruzeiros das Portas do Mar irá receber o paquete “BRITANNIA”, navio almirante da operadora inglesa P&O que regressa à Europa depois da sua temporada de Inverno nas Caraíbas.
Esta escala está inserida num itinerário denominado “14 nights Caribbean Transatlantic” que se inicia a 15 de Março em Bridgetown nos Barbados e que irá terminar em Southampton no dia 29 , depois de escalas em St. Lucia, St Kitts e St Johns nas Caraíbas.
Construído nos estaleiros italianos de Fincantieri em Monfalcone, o BRITANNIA fez a sua viagem inaugural a 14 de Maio de 2015. Das suas características principais realce para as 143.730 toneladas de arqueação bruta, 330 metros de comprimento, 38,4 metros de boca e 8,3 metros de calado. Possui 15 decks para passageiros. Em ocupação normal pode transportar 3.611 passageiros que poderão chegar aos 4.324 em ocupação máxima, sendo a sua tripulação composta por 1.350 elementos.
Igualmente no dia 25 está programada no porto comercial desta cidade a escala do BRAEMAR da companhia britânica Fred Olsen Cruises Lines, numa escala englobada num itinerário de 16 noites de regresso à Europa denominado “16 Nights Caribbean Retourn ”, que se inicia em Bridgetown nos Barbados no dia 14 e que irá terminar na cidade inglesa de Southampton no dia 30 do corrente mês.
Construido nos estaleiros espanhois Union Navale de Levante em Valência em 1993 para a extinta Commodore Cruise Line como Crown Dynasty, foi adquirido pela Fred Olsen em 2001 e renomeado com o actual nome. Possui 24.344 toneladas de arqueação bruta, 195 metros de comprimento, 22,5 metros de boca e 5,6 metros de calado. Tem capacidade de transportar 989 passageiros em ocupação normal, sendo a sua tripulação composta por 400 tripulantes.

Prevê-se que no dia 26 seja um dia de muito movimento em Ponta Delgada atendendo que neste dia estarão nesta cidade dois navios de cruzeiros.
Realce natural nesse dia para o regresso a Ponta Delgada do MSC DIVINA, uma das mais modernas unidades da companhia italiana MSC Cruises, a maior companhia de navegação privada do mundo.
Este regresso a Ponta Delgada está englobado num interessante cruzeiro de 20 noites que se inicia na cidade norte americana de Miami no próximo dia 14 de Março, e que engloba paragens em New York, Kings Warf nas Bermudas, Ponta Delgada, Lisboa, Málaga, Valência e Marselha, terminando este cruzeiro em Génova no próximo dia 3 de Abril.
Construído nos conhecidos estaleiros franceses de STX Europe em St Nazeire, este impressionante paquete italiano iniciou a sua actividade em 2012. Das suas principais características destacam-se as 137.936 toneladas de arqueação bruta, 333,3 metros de comprimento, 37,9 metros de boca e 8,6 metros de calado. Em ocupação normal pode transportar até 3.274 passageiros que poderão chegar aos 3.959 em ocupação máxima, sendo a sua tripulação composta por 1.313 elementos.
Pelo que julgamos saber o navio vem com a sua ocupação total, o que com certeza virá dar à cidade de Ponta Delgada e à ilha de São Miguel um interessante movimento diurno e noturno.
O outro visitante deste dia será o paquete AIDALUNA da conhecida operadora alemã Aida Cruises que está a fazer um roteiro transatlântico de 18 noites entre Montego Bay na Jamaica e a cidade de Hamburgo, e que para além de Ponta Delgada inclui paragens em Samana, Tortola e St. Maarten nas Caraíbas, La Coruna,Ferol, Espanha, Le Havre, França e Dover nas ilhas britânicas antes da chegada a Hamburgo.
Sobre as suas características gerais, o navio mede 251,9 metros de comprimento, 32,2 metros de boca e 7,3 metros de calado. Possui 69.200 toneladas de arqueação bruta e tem capacidade para receber até perto de 2.050 passageiros em ocupação normal, sendo a sua tripulação constituída por 634 elementos.
Para o dia 28 será a vez da cidade da Horta receber a escala de dois navios de cruzeiros, com natural realce para a escala inaugural do STAR PRIDE, da conceituada companhia Windstar Cruises cuja sede se situa na cidade norte-americana de Seattle, numa escala inserida num cruzeiro de 28 noites iniciado no passado dia 9 em San Juan de Porto Rico e terminando no próximo dia 1 de Abril em Lisboa. A apadrinhar esta primeira escala estará o MAGELLAN que no dia seguinte estará em Ponta Delgada. 
As escalas do mês em Ponta Delgada irão terminar no dia 29 quando o terminal de cruzeiros das Portas do Mar receber a visita do MAGELLAN navio de cruzeiros da popular companhia inglesa C&MV, numa escala integrada num cruzeiro de 19 noites que se inicia no próximo dia 15 de Março em Montego Bay na Jamaica e que comporta escalas em La Romanana Republica Dominicana, Tortola, St Maarten, St Johns e Barbados, todos nas Caraíbas, passando igualmente pela cidade da Horta antes da chegada a Londres no dia 03 de Abril.
Construido em 1985 nos estaleiros dinamarqueses de Aalborg Vaerft em Alborg para a Carnival Cruise Line sob o nome de Holiday foi um dos mais populares daquela operadora norte-americana, tendo operado durante muitos anos em cruzeiros nas Caraíbas. Em 2010 passou a integrar a frota da extinta operadora espanhola IberoCruceros, Com a integração da mesma na Costa Cruceros o navio foi colocado à venda tendo sido adquirido pela actual companhia no inicio de 2015.
Com 221,6 metros de comprimento, 28 metros de boca e um calado de 7,5 metros, o navio possui capacidade máxima de alojamento para 1794 passageiros e 714 tripulantes, sendo a sua arqueação bruta de 46.052 toneladas..

fotos : António Silva, António Simas, Google
texto : António Silva

sábado, 5 de janeiro de 2019

NAVIOS DE CRUZEIROS PODERÃO TRAZER AOS AÇORES EM 2019 CERCA DE 190.000 PASSAGEIROS

O navio de cruzeiros ARCADIA inaugurou no passado dia 2 na Praia da Victoria a temporada de cruzeiros no arquipélago,  num ano em que estão agendadas 137 escalas nos diversos portos dos Açores.
Muito embora este número não seja o melhor em termos de escalas, a situação muda radicalmente quando se olha para o número de passageiros, pois a marca de 190.000 passageiros esperados,  poderá vir a constituir um marco histórico no que diz respeito ao turismo de cruzeiros nos Açores. Este facto deve-se essencialmente à maior dimensão dos navios que nos visitarão no corrente ano, principalmente nos portos de Ponta Delgada, e Praia da Victoria.
Assim, estão previstas em Ponta Delgada 82 escalas, que globalmente devem trazer perto de 140.000 passageiros e 59.000 tripulantes. 
Na Horta haverá 22 escalas com a previsão de 20.000 passageiros e 8.700 tripulantes.
Quanto à ilha Terceira estão previstas 19 escalas  na Praia da Victoria e 3 em Angra do Heroísmo, que poderão levar àqueles dois portos terceirenses cerca de 31.000 passageiros e 13.200 tripulantes.

Infelizmente este ano as escalas nas restantes ilha do arquipélago são muito reduzidas pelo facto de que só uma operadora fará um cruzeiro temático por todas as ilhas, cenário que em 2020 será muito diferente.
Em Ponta Delgada, tal como nos portos do Faial e Terceira, os meses de Abril e Maio serão os de maior movimento. Na principal cidade do arquipélago estão previstas 24 escalas em Abril e 16 em Maio, que no seu conjunto poderão trazer a esta ilha perto de 58.000 passageiros e mais de 25.000 tripulantes. Sem dúvida alguma que serão dois meses de muito movimento e que por certo irá ser um grande desafio para todos os que trabalham com este nicho de turismo, desde as agências de “shore-excursions”, empresas de autocarros, passando pelos responsáveis operacionais da OPDL, que terão nesses meses um grande desafio pela frente, principalmente nos dias em que estarão nesta cidade quatro navios em simultâneo, como serão os casos dos dias 29 de Abril e 4 de Maio.
De salientar igualmente que nos dias 19 e 30 de Abril e 5 de Maio estarão três navios no terminal das Portas do Mar e no Cais Comercial. Também a 25, 26 e 28 de Março, 12, 23 e 29 de Abril, 6 e 10 de Maio, 29 de Outubro e 10 de Novembro Ponta Delgada receberá a escala em simultâneo de dois paquetes.
De todos os navios que este ano passarão em Ponta Delgada seis virão em escalas inaugurais e outro regressa a Ponta Delgada com outro nome e ao serviço de outra companhia.
De todas estas escalas o grandes realce vai para a escala inaugural no dia 6 de Novembro do fabuloso NORWEGIAN ENCORE da operadora norte-americana Norwegian Cruise Line. Esta  sua escala em Ponta Delgada reveste-se da maior importância pois ocorre no seu cruzeiro inaugural entre Southampton e Miami, sendo Ponta Delgada o único porto de escala entre aquelas duas cidades. Com  capacidade de transportar 4.248 passageiros em ocupação normal e 1.736 tripulantes será o navio que poderá trazer mais visitantes a São Miguel. 
Igualmente teremos as escalas inaugurais do NIEUW STATENDAM da Holland America Line no dia 29 de Abril, do CELEBRITY REFLECTION da Celebrity Cruises no dia 30 de Abril, do NORWEGIAN PEARL da Norwegien Cruise Line a 22 de Outubro,  do HANSEATIC ENCORE da companhia germânica Hapag Lloyd a 8 de Outubro, este com a particularidade de fazer no arquipélago um conjunto de 6 escalas, e do MARELLA EXPLORER, antigo Galaxy da Celebrity Cruises, que agora integra a frota da operadora inglesa Marella Cruises, e que a 6 de Maio fará a sua estreia nesta cidade. 
Outra importante escala inaugural que importa realçar acontecerá no dia 02 de Dezembro com a visita do MEIN SCHIFF HERTZ  da operadora alemã Tui Cruises, que inaugurará naquele mês uma série de cruzeiros de Inverno à região com escalas em Ponta Delgada e Praia da Victoria, numa operação muito interessante e que se prolongará nos primeiros três meses de 2020, marcando assim o inicio de operações regulares no arquipélago daquela reconhecida companhia.
De salientar igualmente o regresso a Ponta Delgada do CELEBRITY EDGE que esteve em Ponta Delgada no passado mês de Novembro em escala técnica, e que a 06 de Abril estará novamente entre nós, desta vez já transportando passageiros.



Outro facto curioso será o que se irá registar no dia 04 de Maio em que vão estar em Ponta Delgada  três navios da companhia Norwegian Cruise Line, facto algo inédito em Portugal e se calhar em toda a Europa.
Tendo em conta toda esta dinâmica que irá acontecer em Ponta Delgada voltamos desde já a lançar o repto para que as entidades ligadas ao turismo e aos transportes, nomeadamente as Secretárias Regionais com a tutela do Turismo e Transportes, assim como os respectivos Directores Regionais e Câmara Municipal de Ponta Delgada, para que possam em conjunto realizar acções de boas vindas, as chamadas “welcoming”, tal como se fazem em muitos dos portos espalhados pelos vários continentes, com animação, tendas com produtos regionais, bandas de música, grupos folclóricos e figuras regionais a oferecerem pequenas lembranças a quem nos visita, principalmente nos dias em que estarão mais do que um navio em Ponta Delgada.
É um apelo que mais uma vez aqui deixamos, pois uma boa impressão deixada nestes milhares de forasteiros é mais importante e tem mais impacto, de que muitas acções promocionais em eventos e feiras.

Texto copyright - Azores Cruise Club e Jornal "Diário dos Açores"