terça-feira, 2 de outubro de 2018

NAVIOS DE CRUZEIROS TRAZEM AOS AÇORES EM OUTUBRO MAIS DE DE 20.000 PASSAGEIROS E CERCA DE 9.300 TRIPULANTES

Com a entrada do Outono os Açores e em especial a cidade de Ponta Delgada começa a receber algumas escalas de navios que normalmente passam o Verão sediados na Europa e que nesta altura iniciam o seu regresso ao continente americano e em especial ás Caraíbas para a temporada de Inverno.
Em Ponta Delgada teremos 8 escalas que deverão trazer a esta ilha cerca de 17000 passageiros e 7500 tripulantes. Igualmente a Praia da Victoria irá receber um conjunto de 2 escalas que irão levar àquela cidade terceirense mais de 1,500 passageiros e perto de 900 tripulantes. Também para a cidade da Horta estão programadas 2 escalas com a previsão de 1.900 passageiros e 900 tripulantes.
Destas escalas merecem destaque o regresso a Ponta Delgada do MSC DIVINA, um dos mais populares paquetes da MSC Cruises, que regressa a Miami depois e ter feito a temporada de Verão sediado na Europa, assim como a passagem do NORWEGIAN BREAKWAY da Norwegian Cruise Line, que depois de ter feito a temporada no Norte da Europa regressa igualmente ao continente americano. Poderemos igualmente salientar a nova escala em Ponta Delgada do CELEBRITY SILHOUETTE no segundo cruzeiro aos arquipélago do Atlântico e cujo primeiro itinerário esgotou a capacidade do navio, prova do sucesso desta rota do chamado corredor atlântico.
Devemos igualmente dar destaque ao regresso do EUROPA 2 da operadora Alemã Hapag Lloyd, considerado um dos melhores navios de cruzeiros a operar no mercado.
As escalas em Ponta Delgada iniciam-se no dia 6 com a visita ao terminal de cruzeiros das Portas do Mar do luxuosa paquete alemão EUROPA 2, considerado pelo prestigiado “Guia Berlitz2019” como o mais luxuoso navio de cruzeiros do mundo no segmento dos pequenos navios, merecendo inclusive as cinco estrelas +.
Esta passagem em Ponta Delgada e a do dia anterior na Praia da Victoria está inserida num roteiro de 10 noites entre Lisboa e Gran Canária, contemplando igualmente paragens na Madeira e Porto Santo.
Construído nos estaleiros franceses de STX Europe em St. Nazaire em 2013, este luxuoso paquete desloca 40.000 toneladas de arqueação bruta. Possui 225 metros de comprimento, 26,7 metros de boca e um valado de 6 metros. Tem capacidade para alojar 516 passageiros sendo a sua tripulação composta por 370 elementos.
Igualmente no mesmo dia teremos em Ponta Delgada o escala do paquete ARTANIA da operadora germânica Phoenix Reisen, no âmbito de um interessante cruzeiro de 18 noites iniciado no passado 28 de Setembro em Hamburgo, e que irá terminar no próximo dia 16 na cidade italiana de Génova, contemplando igualmente paragens nas cidades da Praia da Victoria e Horta, respectivamente nos dias 4 e 5.
Foi construído em 1984 nos estaleiros finlandeses de Wartsila em Helsínquia para a Princess Cruises sob o nome de Royal Princess. EM 2005 foi adquirido pela P&O passando a designar-se Artemis e aonde se manteve até 2011, ano que foi fretado pela actual operadora.
Desloca 44.378 toneladas de arqueação bruta sendo as suas dimensões de 230,61 metros de comprimento, 29 metros de boca e um calado de 7,8 metros. Possui 8 decks para passageiros, possuindo capacidade para alojar 1188 passageiros em ocupação normal e 537 tripulantes.
O dia 10 promete ser um dia de muito movimento em Ponta Delgada com a presença de dois grandes navios de cruzeiros que no seu conjunto poderão trazer perto de 6.500 passageiros e 3.100 tripulantes.
O primeiro a chegar será o NORWEGIAN BREAKAWAY, da conceituada operada norte-americana Norwegian Cruise Line, que faz a segunda paragem em Ponta Delgada, depois de no dia 21 de Abril do corrente ano ter feito a sua escala inaugural.
A passagem por Ponta Delgada deste imponente paquete faz parte de um cruzeiro transatlântico de 14 noites iniciado em Copenhaga no dia 02 do corrente, e que para além de Ponta Delgada contempla escalas em Gotemburgo, Southampton e Cork na Irlanda, terminando o itinerário no dia 16 em New York.
Foi construído nos aclamados estaleiros alemães de Meyer Werft em Papenburg, tendo sido entregue à companhia no dia 30 de Abril de 2013, sendo na altura o nono maior navio de cruzeiros do mundo.
Entre alguns dos seus dados técnicos realce para as 145.655 toneladas de arqueação bruta, 325,5 metros de comprimento, 39,7 metros de boca e um calado de 8,6 metros. Possui 18 decks, dos quais 13 são destinados aos passageiros. Em ocupação normal tem capacidade para alojar 3.959 passageiros mas que poderão chegar aos 5.100 em ocupação máxima. A sua tripulação é composta por cerca de 1.600 tripulantes.
Outro factor de interesse neste navio é a pintura do seu casco, uma autentica obra de arte da autoria do pintor Peter Max.
De realçar que Ponta Delgada é o único porto nacional a receber este navio durante os seus cruzeiros transatlânticos, o que vem reforçar mais uma vez a posição estratégica do arquipélago nesta zona do Atlântico.
O segunda visita do dia será preconizada pelo CELEBRITY SILHOUETTE, um dos navios da conceituada classe Solstice da companhia Celebrity Cruises, empresa “premium” do grupo Royal Caribbean International.
Esta nova escala em Ponta Delgada está incluída na repetição do itinerário do mês anterior intitulado “14 nights Canaries & Azores Cruise”, e que se iniciará novamente no dia 10 em Southampton e que para além de Ponta Delgada contempla escalas na cidades do Funchal, em Tenerife, Gran Canaria, Fuertoventura e Arrecife nas ilhas Canárias, passando igualmente por Lisboa antes do seu regresso a Southampton.
Foi construído nos estaleiros alemães de Meyer Werft, tendo sido entregue à companhia a 23 de Julho de 2011, sendo o seu custo de 640 milhões de dólares. Possui 122.210 toneladas de arqueação bruta, 315 metros de comprimento, 36,9 metros de boca e 8,3 metros de calado. Em ocupação normal possui alojamento para 2.886 passageiros, sendo a sua tripulação composta por 1.500 elementos.
Os dias 15 e 16 marcarão o regresso ao terminal de cruzeiros das Portas do Mar do MSC DIVINA, uma das mais modernas unidades da companhia italiana MSC Cruises, a maior companhia de navegação privada do mundo.
Este regresso a Ponta Delgada está englobado num interessante cruzeiro de 22 noites que se inicia na cidade de Génova na Itália no dia 6 e que, engloba paragens em Civitavecchia, Marselha, Barcelona, Cádiz, Lisboa, Kings Warf nas Bermudas e Nova York, antes da sua chegada a Miami no próximo dia 28 do corrente.
Construído nos conhecidos estaleiros franceses de STX Europe em St Nazeire, este impressionante paquete italiano iniciou a sua actividade em 2012. Das suas principais características destacam-se as 137.936 toneladas de arqueação bruta, 333,3 metros de comprimento, 37,9 metros de boca e 8,6 metros de calado. Em ocupação normal pode transportar até 3.274 passageiros que poderão chegar aos 3.959 em ocupação máxima, sendo a sua tripulação composta por 1.313 elementos.
Sabendo-se que normalmente o navio viaja com uma ocupação muito próxima do limite podemos adivinhar que teremos em Ponta Delgada e na ilha de São Miguel um interessante movimento diurno e noturno naqueles dois dias.
As escalas do mês irão prosseguir no dia 23 com a passagem no terminal de cruzeiros das Portas do Mar do AZURA, um dos populares navios da operadora inglesa P&O, num itinerário transatlântico de 14 noites e que irá levar aquele conhecido paquete britânico desde Southampton até Bridgetown nos Barbados, porto base para a temporada de Inverno naquela ilha das Caraíbas.
Construído em 2010 nos estaleiros Fincantieri em Monfalcone, Itália o AZURA é um dos maiores navios daquela conceituada operadora britânica. Desloca 113.651 toneladas de arqueação bruta, 289,6 metros de comprimento e 36 metros de boca. Tem capacidade para alojar perto de 3.500 passageiros em ocupação máxima e 1.230 tripulantes.
O dia 24 está reservado para a escala do VISION of the SEAS, primeiro navio da popular “Vision Class” da conhecida operadora norte americana Royal Caribbean International, que estará em Ponta Delgada numa escala englobada num cruzeiro posicional de 13 noites entre as cidades de Barcelona e Miami e que, para além de Ponta Delgada contempla paragens em Cartagena, Málaga e Nassau.
Construído nos estaleiros franceses Chantiers de lÁtlantique em St Nazaire, foi inaugurado em 1998. Possui 78.491 toneladas de arqueação bruta, 279 metros de comprimento, 32,2 metros de boca e 7,7 metros de calado. Tem capacidade para alojar 2.435 passageiros em ocupação máxima, sendo a sua tripulação composta por 765 elementos.
As escalas do mês em Ponta Delgada terminam nos dias 30 e 31 com a visita do PRINSENDAM, o mais pequeno navio de cruzeiros da famosa operadora Holland America Line. A sua passagem em Ponta Delgada ocorre no âmbito de um cruzeiro de 12 noites que se inicia no dia no dia 28 em Lisboa e que para além desta escala em São Miguel contempla escalas na Praia da Victoria no dia 1 de Novembro e Horta no dia 2, antes da sua chegada a Fort Laudardale no dia 9.
Construído em 1988 nos estaleiros finlandeses de Wartsilla Marine em Turku, este interessante paquete holandês possui 37.845 toneladas de arqueação bruta, 204 metros de comprimentos, 28,9 metros de boca e um calado de 7,20 metros. Possui 9 decks para passageiros tendo capacidade para alojar 740 passageiros e 460 tripulantes.

fotos: António Silva, RCI, P Reisen
texto: Azores Cruise Club (Exclusivo para o Diário dos Açores)


Sem comentários: